segunda-feira, 8 de junho de 2009

A MANILHA VAI SECA (25): A Dama de Espadas que quer comer o Ás de Copas

As Eleições Europeias podem ser entendidas, do ponto de vista nacional, como um cartão amarelo ao PS, ao Governo e, sobretudo, a José Sócrates. Mas desengane-se quem achar que Manuela Ferreira Leite iniciou agora a sua caminhada vitoriosa para as Legislativas.

Não estou a dizer que a senhora não vai ganhar as eleições. Nada disso. Mas não vai ser nada, nada, nada, nada, nada, nada, nada fácil.

Há, sobretudo, um momento que será particularmente difícil para Manuela Ferreira Leite: quando for desafiada para um debate com José Sócrates. É claro que a líder do PSD pode optar por fugir a confrontos directos com adversários (e, se calhar, era o melhor que fazia), mas isso seria passar ao eleitorado uma mensagem de covardia e de incapacidade de enfrentar, olhos nos olhos, verdadeiros grandes problemas.

Por outro lado, se optar debater com José Sócrates, há que contar com os parquíssimos dotes de oratória da líder social-democrata, que, ainda por cima, terá pela frente um poderoso orador, um verdadeiro encantador de serpentes. Se houver um debate a cinco (com Francisco Louçã, Jerónimo de Sousa e Paulo Portas metidos na molhada), Ferreira Leite nem sequer se conseguirá fazer ouvir (a sua voz não é possante) e sairá do embate como a clara e óbvia derrotada.

No dia-a-dia de campanha, a elitista Ferreira Leite terá de apertar a mão a gente suja, cumprimentar descamisados e dar dois beijinhos a peixeiras. Não, não a estou a ver a fazer isto e, se o fizer, não terá aquele desembaraço de Paulo Portas, Jerónimo de Sousa, Francisco Louçã… e, claro está, do sempre temível José Sócrates.

Se optar por realizar apenas asseados comícios e polidas palestras, Ferreira Leite estará novamente em desvantagem. E acredito, sinceramente, que a líder do PSD se balde à popularucha Festa do Pontal (e, já agora, à de Chão de Lagoa, na Madeira), optando antes por uma cinzenta Universidade de Verão em Castelo de Vide, onde as elites do PSD se masturbam asseadamente e debatem entre si ideias para o futuro, sem se terem de misturar com o povo sujo e imundo, de farfalhudos bigodes e falhas dentárias, que tresanda a suor, sardinha assada e salada de tomate.

Mas há pior: quem acompanha os debates quinzenais de José Sócrates na Assembleia da República sabe que o nosso primeiro-ministro é mestre na arte de tirar um trunfo da manga. Se o debate é sobre educação, Sócrates anuncia um complemento subsidiário e social de solidariedade para as famílias carenciadas dos alunos mais carenciados, mesmo que o dito abono, na verdade, apenas se aplique a jovens do sexo masculino chamados Zacarias ou Zebedeu. Com estes trunfos de última hora e umas palavras bem estudadas (aquele homem deve falar com o reflexo no espelho), Sócrates tem conseguido aguentar brilhantemente as investidas da oposição, ainda que necessite de corrigir uma falha grave: os seus discursos, transbordantes de energia e positivismo, são inacreditavelmente repetitivos.

Ora, até às Legislativas, Sócrates vai ter tempo para tirar muitos trunfos da manga. Se tiver, por exemplo, de baixar o IVA de 20 para 19 por cento (“para ajudar as famílias carenciadas e as empresas através de um incentivo ao consumo, que ajudará a criar mais emprego”, dirá ele), não tenham duvidas que nada deterá Sócrates, ainda que estes bónus possam arruinar completamente as finanças públicas portuguesas.

Por isso, meus amigos, não comparem Europeias com Legislativas. Para um Valete de Espadas (Paulo Rangel) foi fácil derrotar o mísero Dois de Paus do PS (Vital Moreira). Mas, nas Legislativas, a Dama de Espadas do PSD (Ferreira Leite) vai ter de comer o Ás de Copas do PS (Sócrates), o que, convenhamos, não será tarefa fácil. Além do mais, Sócrates é homem para pôr na mesa uma carta fora do baralho, como… um ONZE DE COPAS.

1 comentário:

Susana disse...

Olá Dr. Mento!
Estou a passar por aqui para o relembrar que a blogagem colectiva Aldeia da Minha vida inicia-se amanhã, com a troca de impressões entre participantes e entre 10 a 28 de Junho decorre a votação do melhor texto.
Como manifestou interesse em participar, conto consigo para dar uma espreitadela.


Participa blogando no www.aldeiadaminhavida.blogspot.com

Estou a aguardar por si!

Abraço, Susana